quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Mãe d´água

De -de Laura Bacelar ,Tkaina - Editora Scipione
Fotos Rodrigo Terra

Sábado de Outubro de 2008, café IL Barista Livraria da Vila Casa do Saber

Chuva de Novo! E outra vez um frio na barriga.
Essa era uma história especial dos índios cariris. Mãe d´água me apresentava o desafio de abrir uma história de um homem que vive outra paisagem. Tem um universo interno, uma relação com o tempo, com a espera, com o amor diferente daquela que conhecemos.



Cloé e Frederico ,colo de mãe

O público estava muito receptivo! muitas crianças que eu não via faz tempo e que estão crescidas.
Enfim Um grupo de amigos que reencontro.Luana, Nina, Clara ,Theo, Cloé, Frederico entre tantos outros.


Nina e Clara

Outras pequeninas Rescem chegadas Lia e Catarina


Ana ,Fransiska, Catarina.

Entrar em seu coração ver com seus olhos

Falei da diferença da vida do menino da história ,disse que algumas coisas seriam difíceis de entender.Pedi pra entrarmos no coração dele e tentar ver com seus olhos.


olhar de novo

A música a inspiração

Nessa história as passagens do tempo dos ciclos são marcadas por musicas.Como nosso ano aniversário, natal, juninas, Carnaval, cantamos bastante para chegar aos rituais de fertilidade da tribo.
Nas Festas da história o cantador recebe uma inspiração e nós assim fizemos para criar juntos algumas músicas. Calar, ouvir a si, a inspiração e cantar .Foi delicioso!


Isa e Lia

Luana Querida

Mistérios de homens e mistério de mulheres

O Homem se casa por amor e também ama a sereia! De dia a linda mulher a noite os mistérios do rio as cores novas a sereia !
A mulher desconfiada perguntou por que tanta noite no rio e o homem falou que estava indo saber uns mistérios
Ah! então tá bom! tudo certo!
Na tribo há mistérios de homens e de mulheres que são intransponíveis e devem ser preservados Que tal?

Perguntei se alguém sabia um mistério das mulheres e falaram BOLSA DE MULHER!com seus 1000000 de objetos mágicos!

A despedida

Depois de uma vida de amor ,com filhos e boas colheitas o homem se despede, morre e vai para o rio para os braços da sereia!O Rio !

Depois da história vamos ler um pouquinho. Ver o livro é os mistérios que ele contém!



Na História



Ler desde pequenina

Algumas crianças ainda tem perguntas Muitas Ficamos conversando depois!

Mais uma perguntinha


Brincando com adereços!


Esse brunch eu queria agradecer ao Theo que contribuiu muito com suas ideias e a Silvinha e Isadora pela presença e olhos atentos!

Um Beijo Grande

Kiara Terra
kiaraterra@gmail.com

Um comentário:

Rego disse...

Reencontrar você e ainda ganhar histórias contadas por você é sempre uma delicia. Minhas meninas, Clara e Nina, estão crescidas, mas seu trabalho, seu jeito, sua busca por um comentário enche tanto nossos corações de alegria tão simples que até emociona. Estaremos sempre por perto!
Um beijo grande minha linda! - Vanêssa